Menu do Jogador

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Fatorial Cast #2: CARNAVAL ... VERDADES MUITO NUAS E MAL PASSADAS



COWABANGA GAMER!!!

Nesta edição do FATORIALCAST falaremos sobre uma coisa que é amado por muito, e odiado por outros... CARNAVAL

Pode ser estranho, mas o carnaval está na vida de todo brasileiro, inclusive no gamer. E por isso, estamos aqui para falar sobre este que é o mais tradicional evento para o nosso povo.




Aproveite e opine. É só mandar um comentário sobre o que suas experiências sobre o carnaval.

Você pode participar também por email:
fatorialgamer@yahoo.com.br

E nos seguir no twitter: @fatorialgamer

E no facebook: Fatorial Gamer

Participe!!!

Carnaval
Play
OU

O que dizer de Rhythm Heaven Fever?



Rhythm Heaven Fever, para quem não conhece ainda, é um jogo bizarro de música que não é para todos. Exclusivo para Wii.

É um jogo que usa suas origens nipônicas, para conquistar ou frustrar jogadores. Se você não for um pouco inclinado a música japonesa, dificilmente gostará do game.

O jogo oferece uma jogabilidade desafiadora e interessante. Diferente de tudo que você já jogou. Para começar é feito pelos mesmo desenvolvedores de WarioWare.

Vamos tentar elucidar o jogo para vocês:

Imagine um jogo que utiliza minidesafios para você fazer a música rodar da forma correta. Quero dizer, ao invés de usar setas ou bolas para fazer o som, utiza-se desses minidesafios, que bem excutados, ditam o ritmo da música.Particularmente é chato. Mas tem seu valor.

Gráficamente o game é impecável, muito bem animado e o sistema de pontuação é eficiente. O jogo segue enfrente com uma falha, mas você é premiado com medalha se for perfeito ou quase perfeito.



Não uso do controle de movimentos com exceção de navergar pelos menus com o ponteiro.

Rhythm Heaven Fever tem um modo multiplayer que é desbloqueável. Não sendo disponível no início.

Esse é um jogo que eu não teria a capacidade de fazer um vídeo de demonstração. O jogo está longe de ser voltado para o público brasileiro por ser repetitivo e sem muitos desafios.

Pessoal pode apostar que não há motivo para comprar esse jogo pos nem seu filhinho iria querer.

Parece que acabou a lei-anti jogo

O Senador Valdir Raupp retira de pauta o projeto que trata da lei sobre jogos eletrônicos.

Segundo o site ACIGAMES (Associação Comercial, Industrial e Cultural de Games), o Senador Raupp, respondeu atravez de sua assessoria por carta, uma informando a retirada da pauta o projeto que trata sobre os jogos eletrônicos.

A resposta foi dada hoje (29/02/2012), informando o envio da requerimento de retirada oficil ao Presidente do Senado José Sarney.

Veja abaixo na íntegra, carta enviada a redação da ACIGAMES Magazine, escrita pelo senador Valdir Raupp.
 
(Brasília, 19/02/12) O senador Valdir Raupp (PMDB/RO) retirou de pauta, em caráter definitivo, o projeto de Lei nº 170/2006, de sua autoria, que objetiva proibir a produção e a comercialização de determinados jogos violentos, ofensivos aos costumes, às tradições dos povos, aos seus cultos, credos, religiões e símbolos, que ferem a cultura dos povos e  da humanidade. Ele encaminhou ao presidente do Senado Federal, José Sarney, nesta terça-feira (28), requerimento oficializando a retirada do projeto, baseando no artigo 256 do  Regimento Interno do Senado.  

Raupp  disse na sua justificativa para retirar o projeto de pauta que, na época, de  sua apresentação “acreditava-se que inviabilizar a comercialização de jogos eletrônicos que induzissem ou incitassem a discriminação, violência e preconceito, seria um dos caminhos a ser seguido para coibir os efeitos nocivos da propagação desses jogos, conforme constatado em diversas pesquisas divulgadas a respeito do tema”.

Afirmou que após um estudo mais aprofundado dos termos da proposição, e até mesmo sob o instrumento normativo a ser alterado, verificou-se que o alcance pretendido no projeto acabou sendo dissociado de sua finalidade. Esse fato adquiriu  uma abrangência muito maior, o que praticamente poderia inviabilizar a comercialização de diversos tipos de jogos eletrônicos, que não fossem tão somente aqueles de se evitar a violência, o preconceito e o mal ferimento aos bons costumes, explicou o parlamentar.


Com isso, o projeto, prosseguiu o senador Raupp  “reflexa e indiretamente, poderia ferir direitos fundamentais, notadamente como a liberdade de expressão, a livre iniciativa e o livre exercício da atividade econômica, e até mesmo podendo ensejar a censura, cujo fim representa uma das maiores conquistas do Estado Democrático de Direito”, observou.


Ribamar Rodrigues
Assessor de Imprensa Senador Valdir Raupp

A próposta do Senador Raupp pretendia tipificar como crime os atos de “fabricar, importar, distribuir, manter em depósito ou comercializar jogos de videogames ofensivos aos costumes, às tradições, cultos, credos, religiões e símbolos”, com base no artigo 20 da lei 7.716/89, que classifica como crimes passíveis de punição atitudes relacionadas a preconceito de raça ou cor.

O projeto, que impõe um verdadeira censura para os jogos. Porém, como produto cultural, não cabe à lei restringir a forma como este recurso é expresso, mas orientar o adequado consumo da referida produção, para obtenção de uma experiência salutar e prazerosa.

Nós, do FATORIAL GAMER, apoia a ACIGAMES estamos contrários às intenções do projeto de lei. Ela fere a liberdade de expressão, ao livre comércio e desobedece a Classificação Indicativa, em vigor.

I Am Alive?

Assistimos as informações trazidas pelos desenvolvedores de I Am Alive.

Você ainda não conhece?

I Am Alive é um jogo do chamado survival experience, em que você está sozinho em um mundo pós-apocaliptico.

Confira agora um vídeo sobre esse que promete ser um dos melhores jogos do ano.

Sony libera fotos de novo Sonic

Foram divulgados algumas telas do novo jogo Sonic The Hedgehog 4: Episode 2. Fotos retiradas do site GameGasi.

Veja fotos abaixo:





O game será lançado para PlayStation Network, Xbox Live Arcade, iOS, Windows Phone e Android, em 2012.

Mario dá seu Kart a sortudo ganhador

A Nintendo deu a um kart em tamanho real ao vencedor do concurso promovido por ela e a GameStop.

Stehley Nathanial, o feliz ganhador, recebeu as chaves do veículo espetacular por representantes da Nintendo of America e GameSpot.



Veja as fotos:



 Será que se eu concorresse eles viriam aqui em casa? Eu não tenho garagem.

"Estou nervoso por Halo 4", fundador da Bungie



A frase foi do fundador da Bungie, Alex Seropian. Mas, dadas as reverências do pessoal da Microdoft, o jogo não pode ser uma decepção.

Seropian deixou a Bungie em 2002 e foi montar seu próprio estúdio, Wideload Games, que foi adquirida pela Disney em 2009. Atualmente, ele é chefe de jogos para celular do estúdio.

"Eu vou dizer uma coisa encorajadora: eu conheço um monte de pessoal da Microsoft trabalhando nisso e eles são ótimas pessoas. Eu estou muito esperançoso que a equipe de lá (Microsoft) é muito fantástico. Eles, certamente, estão tratando com muito cuidado e respeito". Disse Alex, em entrevista ao site oficial da Xbox 360.

Alex ainda continua:"Estou um pouco nervoso sobre Halo 4. Mas eu acho que não posso ter outra coisa senão esperança de que vai ser ótimo. Vamos ver. Mas, é difícil trazer coisas novas ao jogo."




Estamos ansioso para saber como será o novo Halo. Espero para conferir o Fatorial Play de Halo 3.

DQ de volta em 3Ds

A Square Enix anunciou hoje que o aguardado Dragon Quest Monsters: Terry's Wonderland 3D será lançado dia 31 de maio no Japão.


Segundo o site Nintendo Blast, o lançamento está marcado, no Japão, para dia 31/05/2012.

Mas, o preços são variados. Mudará de acordo com a edição:
- Preço da edição comum: ¥5,490
- Preço da edição especial: ¥24,980

A empresa japonesa também revelou uma edição especial do game, com um 3DS estilizado com vários Slime, mascote da franquia.



Certamente, será imperdível. Eu vou querer pois DQ é um jogaço.

O gol contra mais bonito do mundo

Nossa! Se na Selação Brasileira o Neymar não faz gol. Pelo ao menos, não faz cagadas como neste lançe:


O zageiro Phest Baize do time Citizen de Hong Kong, tentou cortar o cruzamente, e fez um golaço contra.
 

O mais bizarro, se poderia ter, é que esta cotado para ser o gol do ano.

É mole!?

Você cotaria esse gol para um dos melhores do ano?

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Critique de Cinéma: A Invenção de Hugo Cabret


Poucas coisas nos dias atuais são delicadas e singelas. Ou talvez, nós que não enxergamos o que há de mais sensível em nosso meio. As artes nos prédios dos centros urbanos, as árvores, o cantar dos pássaros. Tudo fica diferente quando nos atentamos aos detalhes que passam despercebidos no dia a dia.
 
O filme Hugo (título original) é a perfeita noção de que nós, que já curtimos de tudo nos cinemas (explosões, catástrofes, carros velozes, tiros em demasia), necessitamos de uma parada para apreciar a beleza da chamada sétima arte.

O filme em si não o que possamos dizer um Nuovo Cinema Paradiso, mas se assemelha no aspecto da simplicidade e da singeleza com que as coisas são apresentadas. Parece, que mesmo tendo seus 30 minutos de lentidão para contar a breve dia a dia do órfão Hugo, não atrapalharam a imersão aos que esperam por um espetáculo.

O filme, todo em 3D, dá gosto de assistir. O diretor Martin Scorsese  esqueceu seu passado de gângster e mafioso, e aflorou de vez (pois já havia mostrado em, O Aviador) a sensibilidade que a vida pode ter tirado, mas o cinema o trouxe. Sua direção impecável, deixa com que o filme, ao seu tempo, trouxe a tona o que faltava para o ambiente 3D, sentimento. Essas circunstâncias me fez refletir: como seria se  Harry Potter fosso filmado em 3D.

Bem Kingsley é gigante na atuação. Atuou como se George Méliès fosse. Do que li sobre Méliès posso simpatizar como a atuação e a satisfação com que o ator o fez. Simplesmente, um presente ao velho ator que não tem medo de trabalho.

 


Parabéns ao jovem Asa Butterfield – emocionante atuação. Seu choro convenceu até as crianças no cinema. Elas estavam, certamente, envolvidas a história do órfão. Não conheço sua trajetória, breve acredito, mas será, sem dúvidas, um belo ator.


 
E o que dizer de Sacha Baron Cohen? Oh Deus! Que personagem delicioso, cheio de conflitos e incertezas. Não deixando se lembra das peripécias do passado e do futuro. Lembrando em nada os personagens Bruno e Borat (mas Borat agente perdoa).

 


No fim, Hugo, ao que parece, é uma homenagem que Scorsese faz ao cinema, aquele que lhe deu tudo. Não imaginei melhor homenagem.

E para você que não quer assistir a filmes com explosão, cenas picantes, tiroteio e catástrofes, pode assistir a este longa que trará boa experiência, mesmo que cara.

Comediante quer voltar em Watchmen 2

O ator Jeffrey Dean Morgan, que encenou o personagem Comediante em Watchmen de Zack Snyder, não descarta a possibilidade de revivê-lo em prequel de Watchmen.


"Seria preciso que as pessoas certas estivessem envolvidas(...) Não há como, apenas se for uma prequel, então eu não sei(...) Eu não sei, honestamente. Mas se eles [Warner Bros.] não escalarem outro ator, eu interpretei o Comediante dos 18 até a sua aposentadoria aos 60, então eu me encaixaria no papel de alguma forma", declarou.

O novo Wacthmen será possivelmente um prelúdio da adaptação anterior.

Além disso, o roteirista Brian Azzarello e com arte J.G Jones, estão iniciando os trabalho de uma minissérie para os quadrinhos sobre o Comediante que terá sesis edições. A coleção será publicada no meado do ano e as revistas serão lançadas semanalmente até o fim de 2012.


Espero que o mundo não acabe depois dessa série!

Novo Dlc para MK 9

Mortal Kombat 9 esta a alguns meses nas prateleiras e nos consoles de muitos, mas muitos não sabem ainda como desbloquear todos os personagens secretos.

A Warner divulgou o lançamento de um DLC (Downloadable content), ou seja, conteúdo para downloada, Mortal Kombat Komplete Edition que permitirá que o gamer desbloque os personagem secretos.

Na reportagem feita pelo site Omelete, estarão disponíveis os personagens Skarlet, Kenshi, Rain e Freddy Krueger, além de 15 "Klassic Skins" e três "Klassic Fatalities" ( de Scorpion, Sub-Zero e Reptile).


Se você é gamer hard core e já enjoou de MK 9, esta é uma ótima oportunidade de poder dar mais vida útil ao jogo.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Eu não me meteria

Os Senhor Sly e Willis estão realmente com as testosteronas a flor da pele.

Tudo porque, os dois astros resolveram disputar uma queda de braços em pleno restaurante Hollywood Il Piccolino, em Los Angeles. O que motivou a disputa? Uma discussão sobre quem estaria na melhor forma.

De acordo com a revista Nacional Enquirer, as pessoas nas mesas ao redor ficaram assustadas com o barulho de talheres e copos caindo no chão. Mas, quando virão quem eram os "fortões", começaram a torcer.

Se não fosse pela intervensão de Jennifer e Emma, mulheres respectivamente de Stallone e Bruce, saberiamos quem é o melhor: Falcão ou John MacClane.


Após a refeição Stallone foi ao hospital da da região para realizar uma cirurgia no ombro. A operação não tem nada a ver com disputa com Willis.

Como seria essa disputa made in Brasil? Capitão Nascimento (Wagner Moura), de Tropa de Elite contra Daniel (Selton Mello), de Federal. Em quem você apostaria?

UFC Undisputed 3 para campeões

Sem dúvida que o UFC tornou-se para muitos o segundo esporte. Isto porque o país detêm os melhores lutadores em muitas categorias.




E para aproveitar o sucesso, foi lançado para PS3 e Xbox 360 UFC Undisputed 3, que traz muitas novidades na mobilidade e na jogabilidade.

Como grandes novidades, além da mobilidade, o UFC Undisputed 3 traz mais de 140 atletas (também das categorias mais leves), traz o PRIDE que outra categoria de MMA e um novo sistema de submissão.

Mas, a novidade que mais chamou a atenção por aqui, foi a legenda em português. Que tem a função de aproximar mais os jogadores brasileiro das lutas virtuais.

Não há outro jogo que retrate melhor o espírito do octágono do que UFC Undisputed. E claro, que o programa X-1, do FATORIAL GAME não vai deixará de fazer um vídeo sobre esse belo jogo.

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Dos erros a perfeição

COWABANGA GAMERS!


No segundo episódio do programa X-1, não poderíamos deixar passar um grande clássico dos games de luta de todos os tempos. 


Sim, MORTAL KOMBAT 9 para Playstation 3, Xbox 360. 


A franquia que chega com o pé na porta e arrancando cabeças, mostra que não morreu. E a desenvolvedora NertherRealm Studios, antiga Midway Games, trouxe um belo trabalho e sem dúvidas não será esquecido tão cedo.

,


Na contagem de casa. Está Fatorial 2 x 0 Kyogro. Ele ainda correrá a traz do prejuizo. 


Com os comentários de Fatorial e Kyogro, sobre os apectos dos personagens, jogabilidade e gráficos.


Aproveitem e envie para nós suas críticas, sugestões para próximos jogos pelo comentário abaixo ou pelo email fatorialgamer@yahoo.com.br


Siga-nos no Twitter @fatorialgamer e curta-nos no Facebook. 


Abraços e até o próximo...

O que? Hoverboard à venda?



Não é somente Martin Marty MacFly que tem um skate viador. Nós também teremos no fim desse ano.

Sim, segundo a Mattel anunciou na New York Toy Fair ao site "NME", que produzirá a réplica do brinquedo, sendo disponível para prévenda a partir de março deste ano e será entregue até o natal. 

A empresa informou que o skate não irá voar, mas sim planar. 

O que pensar dessa notícia: segundo o filme, em 2015 essa tecnologia existe. Agora, faltam apenas 3 anos para os cientista fazem um skate que voa. 


quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Fotos dos Vingadores em cena

Mais fotos oficiais forma disponibilizadas pela Marvel Studios sobre o filme Os Vingadores (The Avengers).

Elas destacam os personagens Capitão America (Chris Evans), Viúva Negra (Scarlett Johansson) e Gavião Guerreiro (Jeremy Renner) marchando para seus objetivos.

Em outro, mostra Thor (Chris Hemsworth) e o Agente Coulson (Clark Gregg) olhando um computador.

E o último, mostra em detalhes o quão bem feito está Hulk (Mark Ruffalo).




O lançamento do filme é dirigido por Joss Whedom (da série Buffy - A Caça Vampiros) e sua estréia mundial está prevista para o dia 27 de abril deste ano.

Vamos aguardar, pois muitas coisas ainda sairão sobre o longa. 

Cada vez mais me dá vontade de ir ao cinema assistir a Os Vingadores, e você?

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Não dê nem aquele seu "amigo"

COWABANGA GAMERS!


Estamos fazendo nosso primeiro programa X-1 sobre o primeiro jogo de uma franquia não muito conhecida de nós brazucas.


TOTSUNOKO VS. CAPCOM é um jodo pura e exclusivamente japonês, que tem a proposta de trazer personagens clássicos e conhecidos da CAPCOM e uní-los a alguns heróis dos Animes.


Assistam e tirem suas próprias conclusões.



Aproveitem e envie para nós suas críticas, sugestões para próximos jogos pelo comentário abaixo ou pelo email fatorialgamer@yahoo.com.br

siga-nos no Twitter @fatorialgamer e curta-nos no Facebook. 

Abraços e até o próximo...

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Fatorial Cast #1:TARTARUGAS NINJAS E BATTLETOADS NUMA NICE




COWABANGA GAMER!!!

Vamos falar sobre dois clássicos dos games.

Primeiro, Tartarugas Ninjas: Sua formidável franquia, impusionada pelos filmes e desenhos trouxe grande contribuição para indústria dos games. Com suas músicas inesquecíveis e cores afiadas, conseguiu um espaço em nosso corações.

Segundo, Battletoads: Franquia, clone, ou baseada em sua irmã Tartarugas Ninjas, teve também bastante sucesso. Melhorou o conseito de Beat´em Up, mas suas histórias controversas, causou a ojeriza de alguns gamer.

De fato, os dois são ótimos games. Era necessário um cast interessante sobre eles.

Aproveite e mande um comentário sobre o que suas experiências nos jogos para fatorialgamer@yahoo.com.br

Participe!

Tartarugas Ninjas X Battletoads
Play
OU

Fatorial Cast Piloto


COWABANGA GAMER!!! 

Nos perguntamos: Qual a melhor forma de nos apresntarmos?

Não sabendo a melhor forma de nos apresentar, decidimos fazer do piloto de nosso Podcast a maneira ideial.

Aproveite para nos mandar suas preferencias de games, para que possamos falar sobre eles.

Fatorial Cast Piloto
Play
OU

O que é o Durango?

Mesmo após a Microsoft anunciar que não revelará o novo console este ano, a empresa não perdeu tempo de divulgar o codinome dele para nos deixar com aguá na boca.

Conforme o site Kotaku, o console do novo vídeo game da Microsoft tem o codinome Durango. Este nome foi baseado na cidade mexicana de mesmo nome ou algo do tipo.

O curioso é que outro produto da empresa teve mesma homenagem. Kinect, o sensor de movimentos do Xbox 360, já teve seu codinome. Project Natal - nome que homenagiou a cidade brasileira capital do Rio Grande do Norte. Na época, o então Project Natal, teve como projetista um brasileiro. Agora, não se sabe ainda, se a homenagem tem algum fundamento.


Veja algumas imagens do design de supostos consoles sucessores do Xbox 360:



Ficaremos de olhos abertos para passar mais infomações.

Para quem curtiu horas GoldenEye

Uma divertidíssimo curta em "live action" que relembra um dos mais importantes jogos de shooter do Nintendo 64.


O vídeo mostra como era difícil lidar como NPC Natalya, que não era dos mais espertos. Além disso, ainda tira um sarro dos chamados "video comentaries".

Essa obras é uma produção do grupo Alasky.

É ou não é, muito legal? Aporveite e comente conosco.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Os personagens masculinos mais legais dos games



Você curtiu?

Aproveite e vote não seja tímido: 

Quem é o melhor personagem de 
games na sua opinião?

Mais uma vez, braços ao pessoal do blogamePlanet.wordpress.com

Top 15 mais gostosas dos games



Você gostou?

Aproveite e vote quem suas mais gostosas dos games.

Abraços ao pessoal do blogameplanet.wordpress.com

FATORIAL PLAY #1 - CALL OF DUTY MW3 - GUERRA DE UM HOMEM SÓ


Cowabanga Gamers!!!
Bem vindos ao primeiro episódio do FATORIAL PLAY.
E foi escolhido um grande e bastante cultuado jogo: CALL OF DUTY MODERN WARFARE 3.
Aproveite, mandando comentários, feedback e sugestões de jogos para playarmos.
Assine o canal do FATORIAL GAMER no Youtube!
F!

Twisted Metal pode virar filme?

Sabemos que a tradição de games para a grande tela não é muito nobre. Quem não lembra de Doble Dragon, Resident Evil e a franquia Street Fighter? A verdade é que os produtores da Marvel querem por Twisted Metal no cinema.

Avi, que produziram Hulk, Homem de Ferro, a franquia Homem-Aranha ( o novo filme também), e Ari, que produziu Homem de Ferro e Motoqueiro Fantasma, já estão na produção do seu primeiro filme de game.

Outro que está com a mão na massa pelo filme é o roteirista e diretor, mega conhecido, Brian Taylor. Este que trabalhou em filmes para o publico nerd e gamer como: Adrenalina, Gamer (diretor/roteirista), Jonah Hex (roteiristas) e o novo Motoqueiro Fantasmas (diretor). Essa notícia pode encher-nos de esperanças.

Segundo reportagem do site Deadline, é praticamente certo que Twisted Metal tenha sua ambientação baseada no novo jogo, recém-lançado e que alguns personagens iconicos com Sweet Tooth e Doll Face e outro estarão no filme.



Pensando melhor, nós tivemos alguns filmes de jogos que ficam bem aceitáveis. Vamos relembrar de Silent Hill e Mortal Kombat. São os únicos que de fato fazem jús as seus jogos. Ou não?

Clássico da Sessão da Tarde - Falcão: O Campeão dos Campeões

“Alguns Lutam por dinheiro... outros lutam por glória... Ele Lutará pelo amor de seu filho.”

Por Douglas Henrique

Quando se pensa no ator Sylvester Stallone é impossível não vir a nossa mente filmes como Rocky e Rambo, personagens que foram revisitados pelo ator recentemente, mas sem dúvida alguma, outro personagem bastante conhecido merecia ser revisitado: Lincoln Falcão.
Após rever o filme Falcão: O Campeão dos Campeões é impressionante como a história ainda nos envolve. 
Na trama o caminhoneiro Lincoln Falcão, a pedido da sua mulher, vai buscar seu filho Michael (que ele não vê há dez anos) para visitar a mãe no hospital numa viagem de cinco dias de caminhão, ao longo da jornada Lincoln Falcão tenta se reaproximar do filho sem muito sucesso até que aos poucos seu filho começa a se interessar por ele após uma queda de braço num bar.
Quem não viu este filme na sessão da tarde certamente viu vários elementos dele no recente Gigantes de Aço com Hugh Jackman.
Apoiado por uma trilha sonora marcante o diretor Menahem Golan (Comando para Matar) nos entrega um filme que nos prende atenção desde o inicio, é interessante acompanhar a amadurecimento do personagem Michael (David Mendenhall) ao longo da trama e a relação entre pai e filho ficando cada vez mais forte. 
Em uma mistura de drama, aventura e um pouco de ação, é impossível não torcer pelo Falcão quando ele está numa queda de braço e começa a virar o pulso e o boné para trás naquele momento sabemos que ele irá ganhar a luta. 
Destaque também para os vilões do filme o sogro do Stallone, Jason Cutler (Robert Loggia) um velho chato que tenta a todo o momento tirar a guarda do menino por bem ou por mal literalmente e o grande rival do Falcão: Bull Harley campeão mundial de queda de braço invicto há cinco anos, alias o Campeonato mundial de queda de braço que acontece no em Las Vegas no fim do filme não deixa nada a dever ao UFC.
Pois é pessoal, desafio alguém não sentir vontade de disputar uma queda de braço com alguém após assistir o filme.

Reunião do Guns ? Ou não

 


Por Flávio "Fatorial"

Lembro-me muito bem de quando ouvi Gun´s and Roses pela primeira vez, com um olhar adolescente. Foi uma loucura! Pois sempre ouvia os solos de Sweet child on mine e não compreendia como poderia gostar de coisa assim. Mas tudo mudou com meus 16 anos. Então, sai a procurar tudo sobre a banda.

Meu primeiro álbum foi o Nova Era (CD de show), duplo. Oh! Como fiquei feliz. Não queria mais deixar de ouvir. Este CD competia e apenas com o álbum Angels Cry do Angra.

Minha realização foi ter ido ao Rock in Rio III, para assistir Axl Rose solo (pena que a banda não estava por lá). Mas, foi um ótimo show, mesmo vendo Axl gordo com as calças caindo.

No Rock in Rio seguinte, não tive a mínima inspiração para ir. Mesmo assim ainda conservei o meu espírito rock e assisti na reprise na Multishow.

Eu já tinha perdido as esperanças de ver novamente a melhor banda dos últimos vinte anos juntas de novo, quando Axl declarou que Slash (ex-guitarrista) era um câncer e que jamais tocaria com ele novamente.

Mas parece que as coisas podem mudar. Segundo o tecladista Dizzy Reed em entrevista à Billboard, devido a uma indicação ao Hall da Fama do Rock, cuja a cerimônia acontece dia 14 de abril em Cleveland, os integrantes originais Steven Adler, Slash, Izzy, Duff e Axl podem subir ao palco por mais uma vez. Podendo até não acontecer uma apresentação, mas há chances que isso ocorra.

Em resposta sobre uma eventual reunião da banda, Dizzy respondeu: "Ainda não falamos sobre isso no momento. Mas tenho certeza que falaremos em algum hora."

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Teenage Mutant Ninja Turtles


Teenage Mutant Ninja Turtles (abreviado TMNT, em inglês), conhecidos no Brasil como Tartarugas Ninja, é um grupo de 4 tartarugas antropomórficas adolescentes, mutantes e ninjas, treinadas pelo rato, Mestre Splinter. Os 4 são batizados em homenagem a artistas renascentistas: Leonardo, Michelangelo, Donatello e Rafael. As Tartarugas moram no esgoto de Nova York, e seu grande inimigo é o destruidor (Shredder), líder de uma gangue de ninjas. Destaque para o bordão do quarteto: “Cowabunga!”e do Fatorial Gamer também.

As Tartarugas foram criadas numa história em quadrinhos da Mirage Comics em 1984, na parceria de Kevin Eastman e Peter Laird. A popularidade cresceu após um desenho animado que iniciou-se em 1987 até 1996. Depois foram adaptadas em uma série com atores reais chamada Ninja Turtles: The Next Mutation (As Tartarugas Ninja: a Próxima Mutação), 4 filmes, videogames da Konami e uma nova animação, que começou a ser exibida em 2003.

A Konami produziu nas década de 80 e 90, videogames inspirados no desenho de 1987. O primeiro título foi lançado para o NES em 1989. No mesmo ano, fora lançado um fliperama, mais tarde lançado para o NES como TMNT 2: The Arcade Game. Mais um jogo fora lançado para o NES, Teenage Mutant Ninja Turtles 3: The Manhattan Project. O próximo jogo foi o fliperama Teenage Mutant Ninja Turtles: Turtles in Time (1991), mais tarde convertido para o Super NES e com uma versão para o Sega Mega Drive denominada Teenage Mutant Ninja Turtles: The Hyperstone Heist.

A medida que a popularidade das tartarugas baixava, a Konami lançou em 1993 Teenage Mutant Ninja Turtles: Tournament Fighters, jogo de luta baseado em Street Fighter(1987)!

A Konami também adquiriu os direitos do novo desenho, e passou a lançar novos jogos baseados neste, com jogabilidade igual à dos antigos. Porém estes são criticados por repetitividade e falta de desafio.

Em 2006, a francesa Ubisoft garantiu os direitos para um jogo baseado no novo filme.

Os personagens a seguir aparecem na maioria das instalações da franquia os quadrinhos\BD originais, os desenhos animados de 1987 e 2003, os filmes e os videogames.


As Tartarugas - Um menino, ao impedir que um cego fosse atropelado por um caminhão, fora atingido no rosto por um tubo que esse caminhão trazia e deixou o aquário que carregava com 4 tartarugas dentro cair (essa origem parodia o personagem da Marvel, Demolidor). As tartarugas e o tubo quebrado foram para o esgoto. Banhadas pela substância estranha do tubo e foram salvas pelo rato Splinter , ambos acabaram sofrendo mutações do líquido, ficando grandes e antropomórficas. O rato resolveu então instrui-los no ninjitsu. Em outra versão, esse menino tropeçou e deixou o aquário das tartarugas cair. Hamato Yoshi os achou e cuidou delas, até que a substância apareceu. Expostos a ela, Hamato e as tartarugas se tornaram mutantes.

Leonardo - é o líder de fato das tartarugas. Sua bandana é azul, e sua arma é um par de ninjato, também chamado de ninjaken ou shinobi katana, o nome mais comum para a espada de renome um ninja é susceptível de transportar. O Ninjato tradicional são frequentemente barras retas de aço de baixa qualidade com um terreno de vantagem sobre eles. Eles são muito mais curto do que o tradicional daito katana usada por samurais do Japão feudal. A idéia por trás de uma curta espada é necessário que um ninja para levar agindo como um coletor de inteligência. Imagino que vocês também estão se perguntando, “Ele não usa katana?”. Após pesquisa, Katana é a arma mais conhecida do samurai. É uma espada forjado com uma lâmina curva que geralmente tem um comprimento de pelo menos 60 centímetros. Ele é conhecido pela sua extraordinária nitidez e capacidade de corte. Seu nome vem do pintor e inventor Leonardo da Vinci.

Donatello - é o intelectual e inventor do grupo. Sua bandana é roxa, e sua arma é um cajado Bo. Mas uma vez, em traduções, bastão. Seu nome vem do escultor Donato di Niccolò di Betto Bardi.

Michelangelo (ou Miguel Ângelo) - é o cômico e extrovertido do grupo, e o maior comedor de pizza. Sua bandana é laranja, e sua arma é um par de nunchakus (em países em que a arma é ilegal, Michelangelo era adaptadas para brandir tonfas ou ganchos). Seu nome vem do escultor Michelangelo Buonarroti.


Rafael - é o anti-herói,e especializado em tiradas (geralmente tendo Michelangelo como alvo). Sua bandana é vermelha, e sua arma é um par de sais (Sua forma básica é a de uma adaga com duas longas, cegas projeções (tsuba) acopladas à empunhadura). Seu nome vem do pintor Rafael Sanzio.

Splinter - O rato é o mentor das Tartarugas, responsável por introduzi-las ao ninjitsu. É uma paródia do mentor do Demolidor, Stick. Há duas origens para Splinter.

Nas histórias originais, nos filmes e o desenho de 2003, Splinter era o rato de estimação do ninja Hamato Yoshi, que o trouxera com ele para Nova York. Após Yoshi ser assassinado pelo rival Oroku Saki, Splinter fora para os esgotos, e um dia viu quatro tartarugas caírem, banhadas por uma substância estranha. Foi resgatá-las, sendo também exposto ao líquido. Assim como as tartarugas, Splinter fora mutado para uma forma antropomórfica, e resolveu ensiná-las para vingar a morte de Yoshi. No desenho de 1987, Splinter é Hamato Yoshi, que fugiu para a América após ser incriminado por Oroku Saki. Em Nova York, escondeu-se nos esgotos, onde encontrou as tartarugas. Um dia, tentando matar Yoshi, Saki (já como o Destruidor) jogou o líquido mutagênico nos esgotos. As tartarugas mutaram-se em forma humana, enquanto Yoshi tornou-se um rato. Splinter teve uma filha em 1984, pouco se sabe sobre a sua vida, alguns afirmam que ela segue a carreira do pai e mora na ilha.

Destruidor (Oroku Saki - Shredder) - é o principal vilão da série. O Destruidor é o líder do Clã Foot (Pé; paródia da organização criminosa "The Hand (mão)" da Marvel Comics), uma organização criminosa constituída de ninjas. Seu uniforme é uma armadura metálica (parecida com a dos samurais) coberta de espinhos, um capacete triangular e uma máscara que deixa apenas seus olhos aparecendo. Existem algumas divergências quanto às origens, quadrinhos, filmes e desenho. 


April O'Neil - é a principal aliada das Tartarugas, aparecendo em todas as adaptações exceto pelo seriado Tartarugas Ninja: A Próxima Mutação. Nos quadrinhos originais e no desenho de 2003, April era assistente do cientista louco Baxter Stockman antes de ser salva pelas Tartarugas. No desenho de 1987 e nos filmes, April é uma repórter televisiva.

Casey Jones - é um "justiceiro solitário", que se oculta atrás de uma máscara de hóquei (que o dá certa semelhança com Jason Voorhees) e usa equipamento esportivo (tacos de hóquei, golfe, críquete e beisebol) para espancar criminosos. Também tem certo relacionamento com April O'Neil. Casey aparece em todos as adaptações, exceto o segundo filme e Tartarugas Ninja: A Próxima Mutação.

Vilões recorrentes 
Baxter Stockman - é um cientista louco com aparições nos quadrinhos e nas duas animações. Ele era originalmente negro e no desenho de 1987 era branco. No desenho de 2003, ele volta a ter a aparência negra e é um cientista louco empregado do Destruidor, posteriormente tem o corpo destruindo, tendo a cabeça comandando um androide dos Ultrons.

Cabeça-de-Couro (Leatherhead) - é um crocodilo mutante, que aparece nos quadrinhos e nos desenhos de 1987 e 2003. Atua mais como vilão, mas no desenho de 2003, chegou a ajudar as Tartarugas.

Rei Rato (Rat King) - é um homem que vive nos esgotos, em companhia dos ratos (no desenho de 1987, ele até os controla), e aparece nos quadrinhos e nos desenhos de 1987 e 2003. Sua aparência é coberta de bandagens e roupas rasgadas.

Personagens do desenho de 1987


KrangKrang - era um alienígena da Dimensão X, um cérebro sem corpo que se alia ao Destruidor. Também conhecido como Cérebro Louco.

Bebop e Rocksteady - são dois capangas idiotas do Destruidor, mutados com o mesmo líquido que criara Splinter e as Tartarugas (Bebop virou um homem-javali, e Rocksteady, um rinoceronte) adquirindo uma imensa força, quase chegaram a derrotar as Tartarugas na primeira aparição, porém foram derrotados e volta e meia apanham facilmente deles. São batizados com o nome de dois ritmos musicais (Bebop é um estilo de Jazz, e Rocksteady um ritmo jamaicano precursor do reggae).

Slash - era a tartaruga de estimação de Bebop, que usou um mutagênico nela para criar outro mutante para ajudar no serviço. Porém Slash tornou-se furioso e rebelde. Slash também aparece em dois videogames como chefe.

Tokka e Rahzar - Tokka é uma tartaruga que foi afetada com o mutagênico (assim como as Tartarugas Ninja e Slash). E Rahzar é um lobo que também foi afetado pelo mutagênico. Eles apareceram no segundo filme das Tatarugas e no desenho de 2003. Tokka e Rahzar também possuem uma força imensa e até chegaram a derrotar as tartarugas uma vez, mas Mestre Splinter salvou-as e derrotou os dois. Assim como Bebop e Rocksteady, os dois apanham facilmente deles agora.

Personagens do seriado de 1997
Venus de Milo - é uma tartaruga fêmea que vem da China para ajudar as tartarugas quando seu pai Chung I acaba morrendo e Mestre Splinter a chama para combater e acabar de vez com o Destruidor. Ela usa seus poderes Shinobi para enfrentar seus inimigos. Tinha uma possível queda por Leonardo.

Dragonlord - é o principal vilão do seriado apos a morte do Destruidor que coloca as tartarugas em perigo com os soldados Rank e o mascote Wick um dragão.Dragonlord é um mestre que pretendia matar o Mestre Splinter com suas proprias forças e invadir a cidade de Nova York.

Silver - é um yeti do Himalia que preferiu ser criminoso em Nova York à viver nas montanhas, ele atua como chefe de uma quadrilha roubando dinheiro do estado e criando sua própria fortuna. Para ajudar nos golpes ele contrata dois capangas completamente estúpidos. Silver costuma ter explosões de raiva quando chamado de "macaco".

Dr Quease - é um cientista brilhante especialista em mutação genética, mas completamente louco que acaba virando um vilão com a ajuda de Dragonlord. Donatello é o maior fã da ciência dele, entretanto ele não consegue impedi-lo de se tornar mal. Seu principal objetivo é capturar as tartarugas e descobrir o que causou a mutação para assim modificar seu próprio corpo e o do Dragonlord.

Simon Bonesteel - é um mercenário que trabalhava nas ruas de Nova York, quando as tartarugas encontraram um filhote ele acabou colocando-as em risco ao resolver caça-las. Seu objetivo é ficar rico após capturar e vender as tartarugas.

Vam Mi - é uma vampira que manteve-se hibernada durante séculos, seus dois assistentes vampiros revivem-na através de uma poção mágica que a manteria viva por quatro dias, entretanto para sobreviver ela precisa do seu coração que foi arrancando por Chung I após derrotá-la. Ela então segue da China para Nova York atrás de Venus de Milo, que é quem mantinha seu coração sob posse.


Ufa! A franquia é tão boa que isso é o resumo do resumo. Até o próximo post!!!!!

Twister Metal 4: críticos dão suas Esclamações(!)

Os palhaço está assolta na área e quer ver seu veículo virar entulho.

Um grande clássico do PlayStation One está de volta e com a corda toda. Mas o que você sabe sobre Twisted Metal? Certamente, não muito se você tiver menos de 15 anos. 


 
Com um híato de 10 anos, para os consoles, Twisted Metal traz a tradição de jogos de guerra entre veículos dentro de uma arena. Mas parece que esse jogo sofre do mesmo problema de outro clássico game Duke Nukem Forever, que não mudou muito em sua nova edição para os consoles.

Segundo o crítico Dan Ryckert da Game Informer, o game promete ser o melhor jogo da série. Ele acredita que os fãs vão apreciar a jogabilidade, que afirma estar melhor. Ele dá 8,5 Esclamações(!).

Outra vantagem é o Multiplayer. "O modo Deathmatch nós coloca em inúmeros e enormes mapas, que não demora muito para se transformar em um enorme zona de guerra", observou Ryckert. E continuou:"O modo Nuke é caótica e divertida, com duas equipes de captura do lider inimigo.

David Hinkle do Joystiq dá 3,5 de 5 Esclamações(!). "Pensei que a jogabilidade no estilo do antigo arcade e a nova tecnologia pudesse impussionar a série para novos jogadores, pena que não é o caso. Em vez disso, Twisted Metal traz poucas coisas novas". E acrescenta:"Parece que a história é de se esperar de um menino de 12 anos, rabiscando notas sobre palhaços assassinos e ciclistas empunhando motosserras nem suas Trapper Keeper".

Já Jason D´aprile da G4 TV, é taxativo:"Como se vê, depois de tantos anos, muito pouco mudou".E continua:"Twisted Metal é um jogo que descaradamente está a serviço de jogadores da velha escola, por sua ação e jogabilidade arcade retrô. O problema é lidar com um jogo que possui a física over-the-top, que fazem os carros parecerem ter o peso de bolas de pinball. O jogo tem a tendência irritante de jogar os carros para o ar, por qualquer motivo." Dou 3 Esclamações de 5.

Pois é gamers, vimos que muitos pode não gostar da jogabilidade clássica de Twisted Metal. Entretanto, o jogo merece ser visto por todos para que cada um possa tirar suas próprias conclusões. Nós do Fatorial Gamer apoiamos que você conheça esse jogo. 



Resident Evil 6 com muitas mudanças

O que todos gostariam, aconteceu. Sim, caro gamer, Resident Evil 6 não será jogabilidade clássica nos momentos de fogo.





A Capcom detalhou que o jogo não será no estilo "fire-from-standstill (tiro parado), ou seja, o personagem terá poder de movimentação: atirar e andar ao mesmo tempo, usar objetos como cobertura e realizar giros evasivos.

Resident Evil 6 acontece alguns anos após os acontecimentos de Resident Evil 5. Grande parte do jogo passará na cidade costeira de Lanshiang, na China, além de se passar em outros locais.

Outra novidade são os vários tipos de zumbis. Além dos mortos-vivos que pulam  e correm, haverá os chamados J´vo (Siganifica: dêmonio em sérvio)- mais evoluídos que pode compreender a fala e coordenar ataques.

Desta vez, a Capcom quer reconquistar o mundo com seu novo game, assim como fez com os três primeiro jogos franquia. Dando mais dinamismo, pode ser que eles consigam angariar os games que gostam de jogos mais frenéticos. Sem dúvida estamos anciosos para saber como será essa nova história.


domingo, 12 de fevereiro de 2012

Battletoads

Battletoads é uma franquia de videogame, óbivio. O primeiro jogo, intitulado simplesmente Battletoads, é um jogo de luta e ação da Rare para Sega Mega Drive/Genesis, Sega Game Gear, Game Boy, Amiga CD32 e NES. Foi lançado em 1991. É provavelmente o videogame com gráficos mais avançados para o NES, já que na época, o mercado já se voltava para o Sega Genesis e SNES, uma tentativa de utilizar o desfibrilador no coitado. Uma versão deste videogame foi lançada para arcade em 1994 pela Rare, e desenvolvida pela Electronic Arts. A música da série Battletoads foi composta por David Wise.

Na historia do jogo (porque existem histórias diferentes, dos quadrinhos e animação), os protagonistas são os Battletoads:

Rash - O mais conhecido, é verde e usa óculos escuros. Também é visto em outros jogos da série com uma bandana em seu braço. Considerado o mais rápido e maluco,
é o "palhaço de classe" dos sapos "
. Seu nome real é Dave Shar.

Zitz - é o líder e mais inteligente, é um gênio tático e um lutador econômica, preferindo métodos de luta que lhe permitem conservar a sua força,tende a usar ataques com máquinas (Serra - elétrica e Furadeira no Arcade). Seu nome real é Morgan Ziegler.

Pimple - O musculoso, mais parece o "tanque" ou "limpa área" e prefere lutar em vez de falar. Ele adora usar objetos pesados para detonar seus inimigos (bigornas, martelos etc.). Seu nome real é George Pie.

Professor T. Bird - Este velho abutre é o mentor e guia dos Battletoads em suas missões,as, instruções, mapas e localizações do que fazer e onde ir. Sempre que os sapos "perder a vida ou são derrotados, muitas vezes ele zomba e repreende-los para o seu fracasso.
.

Princesa Angélica - é a donzela em perigo. Ela e Pimple foram capturados pela Rainha das Trevas nos Battletoads originais, mas foram resgatados por Zitz e Rash, não aparece em nenhum jogo da série após a primeira, embora ela é vista no trabalho artístico gabinete do jogo de arcade, sendo carregado por Rash.


Os principais vilões são:

Dark Queen - A misteriosa vilã. Suas ambições incluem destruir os Battletoads e dominar o universo com a ajuda de seus malvados aliados.

Robo-Manus - Este perigoso ciborgue lutou com os Battletoads várias vezes e foi derrotado em todas. Ainda assim ele é um dos mais inteligentes e perigosos inimigos dos Battletoads.

Big Blag - é um morbidamente obeso rato que usa seu peso como forma de ataque, tentando esmagar os sapos. Também luta com uma bola de espinhos no final de sua cauda.

Silas Volkmire - Um dos mais misteriosos aliados da Dark Queen é responsável pela criação dos Battletoads! É encontrado no jogo Battletoads in Battlemaniacs como um chefe semifinal. Parece que morre quando sua nave é atingida, mas seu corpo não é encontrado. Também é rapidamente mencionado no primeiro Battletoads, já que uma das fases tem seu nome. Considerado humano, aparece deformado no Battletoads in Battlemaniacs. Ele era originalmente um cientista da Terra.

Mesmo que você não tenha jogado muito, cada fase do jogo tem uma jogabilidade diferente, é desafiante. Há vários níveis em 3D e também o tradicional 2D "beat-em-up" em que o jogador avança derrotando inimigos e obstáculos são conhecidos entre os jogos de NES pela sua brutal dificuldade e mortes rápidas. Os mais difíceis são as fases de corrida e pela combinação de níveis de corrida de alta velocidade, com perigosos obstáculos e monstros que podem matar instantaneamente, ele requer uma grande dose de habilidade, prática e memória, e quase nada de sorte. Parte do apelo da série são as exageradas maneiras de destruir um inimigo, com os toads dando engraçados golpes finais. Os monstros que o jogador enfrenta são muito menos desafiantes que os obstáculos e armadilhas que o jogador enfrenta.

Duas coisas podem reduzir a dificuldade do jogo: Na segunda fase, o jogador pode ganhar várias vidas atingindo repetidamente inimigos já derrotados antes que eles "caiam" da tela, podendo acumular mais de dez vidas para serem usadas nas próximas fases. E há várias warp points espalhadas pelo jogo que permitem "pular" duas fases. Um jogador experiente pode evitar quase metade do jogo com bom uso desses warp points.

Mas o que chama a atenção é a tentativa de fazer uma repetição de sucesso, das tartarugas ninjas mutantes (1984) e com o clichê de resgatar a princesa (sem comentários desta). Mas focando a idéia principal são as tartarugas, eu (na humilde opinião de mierda) compararia ao Bleach (que por sinal é bom sem as partes de fillers!!!), tentando atingir a mesmo sucesso do Yu Yu Hakusho (esse é bom até mesmo que se a metade ou mais episódios do anime inteiro fosse de fillers!!!). Mas esse assunto das tartarugas já é tema para outra postagem.